ARTIGOS

DERMATITE SEBORREICA

DERMATITE SEBORREICA: TEM TRATAMENTO COSMETICO EFICAZ!

Os cabelos são estruturas anexas ao corpo e desempenham diversas funções, como proteger o couro cabeludo das variações térmicas, das ações negativas dos raios ultravioletas emitidos pelo sol e melhorar a sensibilidade tátil. Têm importante papel na estética do rosto de homens e mulheres.

O cabelo é composto por fios, formado por várias camadas de queratina e nasce a partir do folículo piloso. O folículo pode ser dividido em três partes: Bulbo - parte mais profunda; Istmo - parte intermediaria, desde a inserção do músculo eretor até a abertura da glândula sebácea e Haste - comumente chamado de pelo. A haste do fio pode ser subdividida em três partes: Cutícula - Parte externa do cabelo, forma escamas sobrepostas que o protegem; Córtex - Onde se localizam os pigmentos que dão cor ao cabelo; Medula - Aglomerado de células mortas, que pode existir ou não. Conforme as figuras a seguir.

 

Conectadas ao folículo piloso estão as glândulas sebáceas, elas são formadas por células que produzem uma secreção gordurosa, o sebo, responsável pela lubrificação dos pelos e da camada córnea da pele. O sebo impede o ressecamento dos pelos, previne a evaporação excessiva de água, mantendo a pele macia e inibe o crescimento de certos microrganismos.

O couro cabeludo pode ser acometido por algumas disfunções, como a dermatite seborreica, comumente conhecida como caspa. A dermatite seborreica é uma afecção crônica que se manifesta em partes do corpo onde existe maior produção de óleo pelas glândulas sebáceas ou a presença de um fungo, o Pityrosporum ovale. Ela se manifesta sob a forma de lesões avermelhadas que descamam e coçam, principalmente no couro cabeludo, mas que também podem aparecer nas sobrancelhas, barba, perto do nariz, atrás e dentro das orelhas, no peito, nas costas e nas dobras de pele (axilas, virilhas e debaixo dos seios).

A maior atividade das glândulas sebáceas ocorre sob a ação dos hormônios androgênicos, por isso, o início dos sintomas ocorre geralmente após a puberdade. A dermatite seborreica tem caráter crônico, com tendência a períodos de melhora e de piora.  A doença costuma se agravar no inverno e em situações de fadiga ou estresse emocional. Também pode ser relacionada com agentes externos como shampoos inadequados ou produtos químicos (como relaxantes, progressivas ou outros), que são utilizados diretamente no couro cabeludo.

Não existe uma forma de prevenir o desenvolvimento ou o reaparecimento da dermatite seborreica. Entretanto, cuidados especiais com a higiene e uso de shampoo adequado ao tipo de pele tornam o tratamento mais fácil.

O tratamento é importante, e envolve as seguintes medidas: lavagens mais frequentes; interrupção do uso de sprays, pomadas e géis para o cabelo; evitar uso de chapéus ou bonés, shampoos que contenham ativos adequados.

É necessário seguir o tratamento correto, o qual irá depender da localização das lesões e da intensidade dos sintomas, bem como alterar alguns hábitos e eliminar os fatores reguladores, como estresse, má alimentação, tabagismo e consumo de bebida alcóolica.

Além disso, alguns cuidados podem ajudar na melhora dos sintomas, como evitar a ingestão de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas; não tomar banhos muito quentes; controlar o estresse físico e mental e a ansiedade; retirar completamente o shampoo e o condicionador dos cabelos quando lavar a cabeça.

Alguns ativos presentes em produtos cosméticos que tratam a dermatite seborreica, consagrados e inovadores são:

·  Climbazole: Antifúngico pertencente a classe dos antimicóticos imidazólicos. Age especificamente contra o fungo causador da caspa e não atinge a microbiota do couro cabeludo saudável, oferecendo melhores resultados no combate a caspa com menores prejuízos ao usuário.

·  Zinc Pyrithione: Tem ação bacteriostática e fungistática. Usado no controle da dermatite seborreica e da caspa.

·  Panthenyl Ethyl Ether (and) Hydrolyzed Milk Protein (and) Lactose (and) Inositol (and) Acetyl Cysteine (and) Acetyl Methionine: Estimula o funcionamento das células do couro cabeludo e folículos pilosos, aumentando a biossíntese de proteínas. Combate a queda de cabelo, melhora a estrutura capilar e normaliza a secreção sebácea, evitando a formação da caspa. 

·  Melaleuca alternifolia Leaf Extract: Possui propriedades antissépticas, antifúngicas, antibacterianas e antiviróticas.

·  Cinchona calisaya Extract (and) Capsicum annuum Fruit Extract (and) Pollen Extract (and) Arnica montana Flower Extrac (and) Urtica dioica Extract (and) Triticum vulgare Germ Extract (and) Luteum ovi Extract (and) Pfaffia paniculata Root Extract (and) Acetyl Methionine (and) Sodium Chondroitin Sulfate: Blend de extratos vegetais que previne a queda excessiva de fios, e auxilia na restauração do bulbo piloso e na biossíntese da queratina. Regula a função da glândula sebácea, é anti-séptico, suavizante, estimulante do metabolismo celular e da circulação periférica.

·  Undecylenamidopropyl PEG-2 Dimonium Undecylenate: Agente anticaspa hidrossolúvel derivado de fontes renováveis e prontamente biodegradável. Confere maior efetividade em relação aos tradicionais agentes anticaspa como o piritionato de zinco, porém com maior facilidade de manipulação, e compatível com formulações transparentes. Apresenta substantividade aos fios, promovendo proteção prolongada. Adicionalmente, apresenta ação tensoativa auxiliando na melhora da oleosidade do couro cabeludo, mantendo-o com aparência limpa e saudável.


Artigo da equipe do ISIC com a colaboração da Farmacêutica Patrícia Andrei Saslavsky 

Voltar ➤